Mostrando postagens com marcador Dia das mães. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dia das mães. Mostrar todas as postagens

sábado, 27 de abril de 2013



Alfabeto para as mães

Ame seu filho para ser amado por ele.
Bendiga a Deus o que Dele recebeu.
Creia na sublime missão que Deus lhe confiou.
Disponha-se ajudar seus filhos com conselhos.
Eduque não só com palavras, mas com bom exemplo.
Faça com amor o dever de cada dia.
Garanta cada vez mais, um Mundo melhor para seus filhos.
Hoje, leia a Bíblia com atenção e esperança.
Inspire seus filhos a praticar as virtudes.
Justifique  seu casamento,dando exemplos de amizade e compreensão.
Lembre-se de rezar e ensinar os filhos a conversar com Deus.
Mantenha-se firme nos ensinamentos de Cristo.
Nâo se iluda com as coisas mundanas.
Ódio e inveja, mantenha-os longe de seu coração.
Pense que amanhã será melhor, se hoje você viver bem.
Queira o bem, sem escolher a quem.
Reflita...para acertar.
Sorria diante dos problemas.
Tire os maus costumes de seus filhos.
Use as mãos maternas somente para acariciar e não para bater.
Vença as dificuldades pela fé e pelo otimismo.
Xô baixo astral!!!
Zele com carinho todas estas recomendações e descubra o êxito e a felicidade das grandes Mães.


Mensagem para o dia das mães


Retrato de mãe

Uma simples mulher existe
e pela imensidão de seu amor, tem um pouco de Deus;
pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo;
que, sendo moça, pensa como uma anciã;
sendo velha, age com todas as forças da juventude;
quando ignorante, melhor que qualquer sábio
desvenda os segredos da vida;
quando sábia, assume a simplicidade das crianças;
pobre, sabe enriquecer com a felicidade dos que ama;
rica, empobrece-se para que seu coração
não sangre ferido pelos ingratos;
forte, estremece ao choro de uma criancinha;
fraca, entretanto, se alteia com a bravura dos leões;
viva, não lhe sabemos dar valor, 
porque a sua sombra todas as dores apagam;
morta, tudo o que somos e tudo o que temos 
daríamos para vê-la de novo, e dela receber 
um aperto de seus abraços, uma palavra de seus lábios.
Não exijam de mim que diga o nome dessa mulher,
se não quiserem que ensope as lágrimas deste álbum
porque eu a vi passar em meu caminho.
Quando crescerem vossos filhos,
leiam para eles esta página;
eles vos cobriram de beijos a fronte
e vos dirão que um pobre viandante,
em troca de suntuosa hospedagem recebida 
aqui deixou para todos 
o retrato de sua própria mãe...
                                                     Don Ramon Angel Lara